Ontário: incentivos à inovação na área médica como chave para o sucesso

Por
Ontário: incentivos à inovação na área médica como chave para o sucesso

Inovação e empreendedorismo são as chaves para o crescimento constante e sustentável no longo prazo. Na área médica, isso se traduz no desenvolvimento de tecnologias cada vez mais sofisticadas que garantem ao paciente mais qualidade de vida e segurança, com tratamentos cada vez mais eficazes e precisos.

Essa é a fórmula que Ontário, principal província do Canadá,busca implementar em seu mercado. Apesar da saúde já ser uma área que emprega intensivamente a tecnologia, ainda há muitos campos que podem ser explorados e barreiras que podem ser superadas. Para isso, a região concede incentivos diretos à inovação, oferecendo subsídios fiscais, fundos de inovação e grandes aceleradoras de negócio que garantem mais de C$ 660 milhões de investimento em pesquisa e desenvolvimento (P&D) ao ano. 

Ontário, que já possui uma grande importância para a história da medicina, garante sua posição de polo de saúde relevante globalmente para as áreas de cardiologia, neurologia, oncologia e medicina regenerativa. A região foi o local de grandes marcos, como a descoberta da insulina (1921), das células-tronco (1963), a identificação do gene do Alzheimer (1995) e a das células-tronco tumorais (1997). Lá também ocorreram episódios importantes, como a primeira operação robótica remota (2003), inaugurando o futuro da medicina que, hoje, já é uma realidade.

Para promover a nova fase de desenvolvimento da área de ciências da vida, Ontário conta, por exemplo, com o MaRS Discovery District, uma das maiores aceleradoras de negócios do planeta, que ocupa um quarteirão inteiro no centro de Toronto. Um dos focos de atuação da instituição é justamente o setor de saúde. Um complexo de laboratórios de ponta, instalado no local, apoia startups que estão surgindo no mercado e as conecta com investidores que apostam no potencial de suas ideias, além de oferecer suporte especializado para aprimorar o modelo de negócios e competitividade dessas novas empresas.

Em 2014, por exemplo, o setor de saúde recebeu C$ 195 milhões em capital de risco e C$ 36 milhões em lucro nos 280 projetos apoiados. Hoje, são apoiadas cerca de 350 medtechs do total de 1200 startups apoiadas pelo hub, que também conta com outras áreas como energias renováveis e meio ambiente, educação e finanças.

Ontário implementa de diversas formas um ambiente favorável ao empreendedorismo e, com isso, obtém resultados positivos ao incluir a inovação como um dos pilares de seu mercado, que traz consigo valor agregado e desenvolvimento econômico.

Esse tema será abordado em uma série de artigos que serão publicados aqui na Sucesso Médico, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento do mercado de saúde brasileiro.

Comentários 0

Entre em sua conta para comentar.
Se você ainda não é nosso assinante, clique aqui e acesse um mês grátis!

Parceiros

Mídia apoiadora

Fique bem informado!
Receba nosso conteúdo e novidades em seu e-mail.