Gastos com saúde no Brasil podem chegar a um quarto do PIB, diz estudo do Coalizão

Por
Gastos com saúde no Brasil podem chegar a um quarto do PIB, diz estudo do Coalizão

O presidente do Instituto Coalização Saúde, Claudio Lottenberg, apresentou em São Paulo, no dia 12 de abril, importante estudo realizado pela entidade através da empresa, McKinsey&Company. O conteúdo, mostrou que os gastos com a saúde no Brasil poderão atingir entre 20% e 25% do PIB em 2030, de atuais 9%, o que pode tornar-se “insustentáveis” caso “nenhuma providência for tomada”.

O levantamento indica que o Brasil gasta 9% do PIB em saúde, mas há resultados piores que países que têm gasto proporcionalmente semelhante, como Estados Unidos e Austrália.

Coalizão: Formado por 27 representantes do setor da saúde como Grupo Fleury, Hospital Sírio Libânes, Albert Einstein, Johnson & Johnson Brasil, Fenasaúde, Unimed e faculdade de Medicina da USP, Federação Brasileira de Hospitais (FBH), ABIMO, entre outras organizações, Coalizão foi criado para contribuir de forma propositiva e pluralista, para o debate e a busca contínua de novos avanços em saúde, em resposta às demandas da população e às necessidades do País.

Comentários 0

Entre em sua conta para comentar.
Se você ainda não é nosso assinante, clique aqui e acesse um mês grátis!

Parceiros

Mídia apoiadora

Fique bem informado!
Receba nosso conteúdo e novidades em seu e-mail.