Três dicas para engajar seus pacientes sobre saúde

Por
Três dicas para engajar seus pacientes sobre saúde

O engajamento do paciente com a saúde é o fator central para um tratamento de sucesso e para que ele tenha mais qualidade de vida. Por esse motivo, é importante que os médicos saibam como fornecer todas as informações e suportes necessários para que os pacientes entendam suas condições de saúde de forma efetiva.

Veja a seguir algumas dicas de como engajar seus pacientes:

1 – Foco na informação

Nos dias de hoje é muito comum as pessoas buscarem informações sobre suas condições de saúde e tipos de tratamentos na internet sem buscar ajuda médica antes, o que pode trazer inúmeras consequências ruins. Por esse motivo, como médico, é extremamente importante indicaraos pacientes fontes de informações que sejam úteis e credíveis, como os órgãos governamentais e as associações médicas. E, claro, se você tiver um blog, não deixe de divulgá-lo.

Além disso, uma forma de saber se o paciente entende sua condição de saúde é pedir a ele para explicar a doença com as próprias palavras. Você se surpreenderá com o quanto ele sabe ou não. Esse é um momento de esclarecer todas as dúvidas do paciente.

2 – Empoderando os pacientes

Assim comoacontece em diversas doenças crônicas, o diabetes tipo 1 requer que o paciente esteja bem informado sobre sua condição 24 horas por dia. São tantos os fatores complexos ao convivercom essa doença, que mesmo que um médico possa fornecer toda a orientação e suporte necessários, a maior responsabilidade do tratamento depende do paciente. Por esse motivo, além de fornecer todas as orientações necessárias a ele, é importante incentivá-lo a se engajar sobre sua doença. 

Uma boa forma de fazer isso é incentivar que o paciente participe dealgum tipo de comunidade/ fórum (online ou presencial) que sejam dedicadas àqueles que vivem com essas condições crônicas. Dessa forma, o paciente pode aprender mais, compartilhar experiências e se comunicar com outros pacientes que vivem os mesmos desafios que ele.

3 – Use experiências passadas como aprendizado

Use todas as interações com pacientes como uma oportunidade de aprender a engajá-los. Por exemplo: se um paciente está passando por um episódio de hipoglicemia, ele poderá responsabilizá-lo pelo incidente. Portanto, é essencial usar esse tipo de experiência como um aprendizado para melhorar a sua comunicação com o paciente e, inclusive, reconstruir a confiançadele.

Em geral, o ambiente da saúde é complexo, e muitos pacientes lutam para entender e até repassar suas informações médicas básicas. Como médico, é a sua função garantir que os pacientes entendam suas condições, até mesmo as mais básicas, para que, assim, eles possam assumir o controle de seu próprio bem-estar, resultando em uma vida mais saudável e feliz.

Experimente aplicar essas dicas no dia a dia com seus pacientes e você perceberá a diferença. Compartilhe conosco o que achou!

Comentários 0

Entre em sua conta para comentar.
Se você ainda não é nosso assinante, clique aqui e acesse um mês grátis!

Fique bem informado!
Receba nosso conteúdo e novidades em seu e-mail.