Sistema para consultório médico: dicas para escolher o melhor para o seu

Por
Sistema para consultório médico: dicas para escolher o melhor para o seu

Em busca de um software médico para sua clínica? Levantamos alguns pontos importantes na hora da tomada de decisão, já que errar na compra ou adesão vai lhe fazer perder tempo e dinheiro, além de dar um trabalho em dobro mudar novamente de programa.  

Ainda é comum ouvirmos de muitos profissionais que a demanda não é grande o suficiente para justificar o investimento em tecnologia. Mas essa é uma visão já um pouco ultrapassada, sendo que existem soluções simples e eficazes mesmo para aqueles que atuam sozinhos. Além do mais, essas ferramentas podem, inclusive, trazer mais agilidade para os processos, resultando, claro, em mais rentabilidade

Por outro lado, sabemos que nem sempre é fácil entender aquilo que o sistema para consultório médico precisa oferecer para ser considerado uma boa ferramenta. Para ajudar nessa questão, elaboramos este artigo com algumas dicas que você deve considerar na hora da escolha.  

4 dicas para escolher o melhor sistema para consultório médico 

A primeira dica é: conheça o seu negócio! Muitos médicos acabam investindo uma quantia substancial em sistemas supercompletos e, no dia a dia, acabam não usando muitas funcionalidades. Outros, pensando em economizar, optam por softwares que, na prática, não atendem às necessidades do consultório. 

Mas, certamente, você tem ciência desse fato e quer saber a respeito de dicas mais práticas, certo? Então, vamos lá! Confira nossas indicações na sequência. 

1. Vá além do basicão 

Muitos médicos buscam inicialmente um software pensando em sair do prontuário físico e otimizar as informações dos seus pacientes, claro que isto é importante, mas é tão básico que a maioria dos programas no mercado oferecem esta estrutura muito parecida. Com anamneses “pré prontas”, anexos de exames e facilidades para agilizar o atendimento. Porém o que, realmente, transforma sua clínica com a adesão a estes programas são outros pontos que vamos elencar nos próximos itens.  

2. Ferramentas de Marketing 

Muitos programas já trazem em seu escopo ferramentas de uso para o marketing da sua clínica, podendo enviar e-mails, sms e outras mensagens para seu paciente com dicas de saúde, cuidados importantes com determinadas patologias e etc. Ou seja, está função visa criar um pós venda e relacionamento com seu cliente, aumentando adesão ao tratamento, diminuindo faltas e óbvio fazendo sua marca ser lembrada, indicada e recomprada. Ter um software aliado do sei marketing é fundamental.  

3. Telemedicina 

Essa prática ganhou novos adeptos durante a crise sanitária provocada pelo novo corona vírus. É verdade que ela já vinha se mostrando como uma nova maneira de atender os pacientes. Entretanto, a pandemia acelerou os processos e, mesmo aqueles que jamais haviam pensado em trabalhar remotamente, precisaram considerar essa questão.  

Caso você já atue dessa forma ou pensa em começar a receber assim os seus clientes, opte por uma ferramenta que torne esse atendimento possível. Chamadas de vídeo e termo de consentimento, devem ser uma funcionalidades de um software moderno. Mas, quando falamos em telemedicina, não podemos deixar de citar a segurança de dados.  

4. Segurança de dados 

Independente da complexidade do sistema para consultório médico que você escolher, ele deve garantir a segurança das informações. Histórico de pacientes, registros financeiros, agendas, receitas, enfim, todos os documentos gerados precisam estar totalmente protegidos da ação de hackers. 

No caso dos programas voltados à área médica, é imprescindível que os desenvolvedores sejam profissionais especializados em segurança de dados. Também, devem ser seguidas todas as orientações do Conselho Federal de Medicina (CFM), as normas da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e garantir criptografia similar a dos serviços bancários. 

Gostou das nossas dicas para escolher um sistema para consultório médico? Então, continue acompanhando o nosso blog e fique por dentro de mais conteúdos sobre gestão de consultório. 

Comentários 0

Entre em sua conta para comentar.
Se você ainda não é nosso assinante, clique aqui e acesse um mês grátis!

Fique bem informado!
Receba nosso conteúdo e novidades em seu e-mail.